Dia mundial da bicicleta – 19 de abril

Bicicletas - 19 de abril - dia mundial da bicicleta

Àqueles que optaram pela bicicleta, nosso maior respeito!

Bicicletas - 19 de abril - dia mundial da bicicleta

Seja por motivo de saúde, respeito ao meio ambiente, facilidade de se locomover no trânsito das grandes cidades, ou pelo baixo custo de manutenção as bicicletas têm ocupado um lugar importante no dia a dia das pessoas que se arriscam em suas jornadas ciclísticas.

Somos de São Paulo, motociclistas, enfrentamos o trânsito todos os dias sobre duas rodas. Sabemos que as motos estão lentamente conquistando mais respeito à medida que pessoas normais, com famílias, pais e filhos, circulam no trânsito com educação  e respeito a todos os veículos. Mas as motos são maiores, motorizadas, possuem mais torque e conseguem brigar por um “lugar ao sol” em meio ao tráfego urbano.

Já as bicicletas são mais magrinhas, dependem única e exclusivamente da musculatura dos ciclistas. Podemos dizer que, de todos os meios de transporte, as bicicletas são o elo mais frágil. Sofrem com isso os ciclistas.

É comum vermos os motoristas cruzando na frente dos ciclistas sem ao menos sinalizar (isso também acontece muito com as  motocicletas – umas são agentes dessa ação, outras são vítimas) expondo as vidas de trabalhadores, homens, mulheres e jovens a situações de risco. Isso sem falar dos acidentes com vítimas graves ou fatais.

Ao contrário de muitos comentários que ouvimos com frequência, até mesmo de amigos, motos e bicicletas não atrapalham o trânsito. Basta pensar o que aconteceria se cada bike ou moto que circulam no trânsito fossem substituídos por um automóvel… Não precisa completar a frase, não é?

Neste dia 19 de abril, fica aqui um protesto do Andarilhar: que as autoridades passem a cuidar de todos aqueles que buscam alternativas mais saudáveis de transporte. Afinal, é somente por causa dessa ousadia, loucura e teimosia dos ciclistas (e porque não dizer, também dos motociclistas) que o trânsito nas grandes cidades ainda consegue seguir, mesmo que lentamente.

Respeito no trânsito: fundamental para uma vida melhor!

About the author

Heloisa Gaspar

Analista de SEO por profissão. Motociclista por opção...

Be the first to comment

Leave a comment

Your email address will not be published.


*