Viagem de moto pelo Mogi Bertioga – Bate-volta São Paulo – Bertioga

Ecoturismo - placas para o caminho do mar

Hum… Um pastel crocante, frito na hora e com recheio na medida. Sensacional. Está até me dando vontade de comer novamente.

Bom, não existe um lugar melhor para comer um bom pastel do que no Pastel do Trevo, em Bertioga!

Olhamos um para o outro, arrumamos as coisas e pé na estrada!

O ideal para viajar para Bertioga é sair logo cedo, parar para tomar um café da manhã no primeiro posto BR da Rodovia Airton Senna (km 30). Não é à toa que fica um “amontoado” de motociclistas lá. O mais legal é que os destinos são bem diversificados: Um grupo acordou com muita sede e resolveu dar um pulinho em Ubatuba para tomar um suco; outro, ir até o Perequê (Guarujá) e traçar umas porções deliciosas… Curiosamente todos acordam com alguma vontade específica e, como que por coincidência, precisam pegar a Mogi-Bertioga para chegar a seu destino.

Dica de passeio de moto - mapa São Paulo/Bertioga

Essa viagem para Bertioga é simplesmente deliciosa! Dá para ir curtindo a estrada e voltar ainda com o dia claro.

Rodovia Airton Senna e sair no acesso de Mogi das Cruzes – Bertioga.

Para pegar a Mogi-Bertioga (que aliás é a melhor parte da viagem) é melhor pegar um caminho alternativo que foge do centro de Mogi – a ROTA DO SOL. Acho realmente sensacional sair em viagem e pegar um caminho que se chama ROTA DO SOL!

 

Placa indicativa da Rota do Sol. Vate-volta de moto São Paulo - Bertioga

Placa indicativa da Rota do Sol – Caminho para Bertioga

 

Nesta viagem, saímos de São Paulo com o dia bem nublado. Quando saímos do posto, já estava garoando… Pegamos uma chuva boa para chegar a Bertioga – Nem assim a Rota do Sol perdeu seu encanto!

A cidade de Mogi é bem sinalizada: em todos os cruzamentos duvidosos e rotatórias você verá a Placa indicando a Rota do Sol. Uma dica: cuidado com as lombadas eletrônicas. Existem várias no caminho!

Chegando à Rodovia Mogi-Bertioga, é só curtir o passeio… A estrada possui quase 50 km de extensão e boa parte do caminho é com vias duplicadas, o que nós dá uma certa segurança, uma vez que não gostamos de extrapolar na velocidade. Para você ter uma ideia, a Mogi-Bertioga possui 3 traçados diferentes: um trecho com subidas e descidas na parte do planalto e várias curvas mais moderadas; o trecho da escarpa da serra, com pista simples, que compreende uma longa descida com curvas mas acentuadas, e as retas mais longas e curvas bem suaves na parte litorânea. Deu para sentir porque esse trecho da viagem é o meu preferido?

Chegamos no pastel encharcados, mas muito contentes! Essa viagem vale a pena até de baixo de chuva. (veja no filme abaixo). A certa altura da viagem tive até que desligar a filmadora devido à intensidade da chuva.

 

 

O pastel do Trevo fica na Rio-Santos , Km226. (www.pasteldotrevodebertioga.com.br ). Um pastel, que custa hoje em média 10,00, tem 30 cm e é muito bem recheado, alimenta uma pessoa com apetite moderado. Refeição barata e gostosa! Entendeu agora porque a gente sai de São Paulo para comer o pastel em Bertioga?

Pastel do Trevo - Bertioga

Uma descansadinha e podemos pegar a estrada de volta. Se você estiver cansado, pode voltar pela Piassaguera, sentido Cubatão, e voltar pela Anchieta/Imigrantes. Se achar que está tranquilo, vale a pena pegar a Mogi-Bertioga também para voltar.

E aí… Você já fez essa viagem? É como eu descrevi ou tem alguma coisa a acrescentar?

Não fez, mas gostou da sugestão?

Queremos saber sua opinião… Deixe seu comentário no final da página!

About the author

Heloisa Gaspar

Analista de SEO por profissão. Motociclista por opção...

Readers Comments (4)

  1. Não estou localizando no Google Maps a rota do sol, aonde posso ver? Qual a saida exata?

    Responder
  2. Bacana! Excelente sugestão de bate-volta para um final de semana!

    Responder
  3. Belo post, eu sempre faço este trajeto, moro na ZN, sempre que posso vou a Boiçucanga, minha praia preferida, um pedágio apenas na airton sena, a mogi bertioga combinada com a rio santos é um dos mais belos passeios que já fiz, mas confesso que acho a rota do sol um tanto longa demais, ainda não tentei mas acho que por dentro de mogi o acesso a rodovia fica bem mais curto. Valeu.

    Responder

Deixe uma resposta para Fernando Rocha Cancelar resposta

Your email address will not be published.


*